Por que eu escolhi a Udemy como plataforma EaD?

A Udemy vale a pena? Por que eu escolhi a Udemy como plataforma EaD?  Quanto custa? Como funciona? Essas e muitas outras respostas para você que quer publicar seu curso na Udemy.

Por que eu escolhi a Udemy?

  • Por que eu escolhi a Udemy?
  • Vale pena publicar seus cursos na Udemy?
  • Quanto custa?
  • Como funciona?

Essas são algumas das questões que eu respondo diariamente desde que eu escolhi a Udemy como plataforma de EAD para publicar e comercializar meus cursos online.

Eu até gravei um vídeo para o meu canal no YouTube respondendo a pergunta:

Vale a pena publicar seu curso na Udemy?

A minha resposta para esta pergunta é quase sempre “depende” e é isso que eu explico no vídeo mostrando as vantagens e desvantagens da plataforma. 

Neste post eu quero que você tenha uma visão da plataforma, saiba como funciona e também que conheça as minhas razões para ter adotado e me tornado fã da Udemy.

Eu vou tentar responder às questões que recebo frequentemente, mas fique à vontade para comentar e enviar suas questões se elas não forem respondidas neste post, ok?

Assim eu posso responder e incluí-la aqui para que ela sane as dúvidas de outros leitores também.

Se você quer falar diretamente comigo, tirar todas as suas dúvidas e dar os primeiros passos na criação do seu curso online na Udemy, marque uma aula particular comigo: 

O que é Udemy?

A Udemy é uma plataforma de ensino a distância mundialmente conhecida que funciona como um marketplace de cursos online. Ela conta hoje com aproximadamente 30 milhões de alunos, 42 mil instrutores oferecendo cursos em mais de 50 idiomas. Somente estes números já poderiam justificar minha escolha, mas existem muitos outros motivos, sendo que para mim, o principal é a transparência.

Desde a publicação do meu primeiro curso online pela Udemy, o WebinarExpress em março de 2016 (este curso não está aceitando inscrições neste momento. A minha lista de cursos publicados você encontra diretamente no meu perfil de instrutora Udemy), minha diversão matinal é observar o crescimento do meu número de alunos.

No dia em que este artigo foi publicado pela primeira vez, 09.03.2018 às 13h49 (horário de Berlim) os números indicados no meu perfil eram os seguintes (clique na imagem para ver os números atuais): 

Leila Adriano Ostoyke na Udemy

Como tudo começou:

Quando eu decidi empreender online, como a maioria das pessoas, comecei a procurar por informações sobre o mercado, cursos sobre como criar um negócio online, cursos de marketing digital e todo o resto. É normal e é necessário!

A gente aprende muito mas também se engana muito. As promessas de começar do ZERO, começar sem dinheiro nenhum e ficar rico de um dia para o outro são muitas (e muito tentadoras quando se é novo no mercado).

Contudo, eu sempre tive uma tendência São Tomé e preciso sim “ver para crer”. É muito fácil dizer e escrever o que se quer… o hipertexto, assim como as folhas de papel, aceita tudo o que dizemos.

Eu poderia facilmente dizer para você que tenho atualmente 155.239 alunos, certo? Cada um pagando 19,99 Reais (preço de venda durante as super promoções da Udemy e preço que eu estipulei para quem se inscreve através do blog), eu teria conseguido uma boa renda somente com meus cursos online.

Mas eu posso dizer o que quiser, o perfil do instrutor Udemy é público e os números são atualizados quase que automaticamente.

Este foi o primeiro motivo pelo qual eu escolhi a Udemy: a transparência!

Essa transparência nas informações: número de alunos, avaliação dos cursos e comentários sempre foi uma segurança para mim sempre que me matriculei em um curso na Udemy e é muito importante para mim como professora (instrutora no jargão Udemy) que meus alunos e futuros alunos tenham também certeza de que tudo está ali: dito, visível e gravado.

Existem muitas outras vantagens de conhecer esta plataforma de ensino a distância. Eu vou tentar responder as perguntas dos meus colegas professores, curisiosos e talvez até futuros instrutores Udemy.

Se você também tem uma pergunta, basta deixar nos comentários e eu vou incluir uma resposta para você aqui no post, ok?

Eu estou realmente muito satisfeita com a oportunidade de fazer parte deste time e por isso, se eu puder contribuir para que ele cresça vou fazê-lo com o maior prazer! 

Bom, mas vamos lá:

Como a Udemy funciona?

A Udemy adotou um sistema de economia compartilhada onde a empresa oferece uma plataforma de hospedagem e comercialização de cursos online com todos os recursos necessários de ensino-aprendizagem online e também de pagamentos.

Os mais de 40 mil instrutores entram com o conhecimento: eles criam seus cursos e também são eles quem interagem com os alunos. O instrutor é dono do seu conteúdo, ou seja, o mesmo curso pode também ser comercializado em outra plataforma pois a Udemy não tem exclusividade (já que ela não compra seu conteúdo, certo?).

Quanto custa colocar um curso na Udemy?

Você não precisa pagar absolutamente nada para disponibilizar seus cursos na Udemy e aí entramos mais uma vez no conceito de economia compartilhada:

O instrutor dispõe de um sistema completo de hospedagem e comercialização dos seus cursos e por esta razão a Udemy será sua parceira na divulgação com constantes companhas de marketing e também na receita gerada através das matrículas.

A divisão da receita acontece da seguinte maneira:

O instrutor recebe 97% do valor cobrado pelo seu curso quando ele fizer a venda. Exemplo: você está aqui no meu blog, entrou na minha lista de cursos online, clicou para conhecer o programa do curso e se matriculou nele, então eu ganharei 97% do valor pago por você.

Aqui a Udemy ficará com 3% do valor, o que corresponde às taxas da transação bancárias (admissível, não?).

Quando a venda é efetuda pela Udemy, a receita é divida entre as duas partes em exatamente 50%. Exemplo: um dos 11 milhões de alunos inscritos na Udemy está passeando pela plataforma (que funciona como um marketplace global de cursos online), se encanta e decide se matricular no seu curso.

Aqui quem fez a venda foi a Udemy, certo? Então, eles ficam com 50% da receita (o que eu também acho justo, visto a estrutura, a visiblidade e o investimento constante em marketing que eles fazem).

Quando a venda é efetuada pelo Programa de Reforço de Marketing Udemy (através de afiliados e os anúncios patrocinados da Udemy) você fica com 25% da renda do curso.  O que é pouco sim, mas participar ou não destes programas assim como de todo tipo de promoção da Udemy é opcional. Assim sendo, você não precisa participar destes programas, ok?

Nesse vídeo eu mostro na prática como isso acontece: 

Eu preciso participar das promoções?

Não! Você não precisa participar de nenhum tipo de promoção da Udemy. Basta configurar suas preferências no painel do instrutor.

A Udemy vale a pena?

Depende. Você tem a possibilidade de criar e administrar sua própria plataforma de cursos online, com todas a ferramentas necessárias para o bom funcionamento do seu AVA (ambiente virtual de aprendizagem), com sistema de pagamento eficiente, que proporcione a confiança necessária para que seus alunos façam o pagamento online?

Você tem a possibilidade de investir alto em campanhas de marketing para impactar o mercado?

Você já é um profissional renomado e conhecido no mercado com clientes e alunos desesperados procurando seus cursos (que você venderá tranquilamente por mais de 500 Reais)?

Então não vale a pena! Mas,

se você está procurando uma maneira de empreender ensinando online e quer começar sem riscos e com o que você já tem, então sim!

No meu caso em especial eu vejo duas grandes vantagens:

#1 Risco ZERO:

Zero mesmo pois você não precisa pagar nada para usar a plataforma, certo?

Investimento nenhum além do meu tempo em preparar os cursos (se você tem um computador, um headset e uma conexão internet também não vai precisar investir mais do que isso – é o que eu ensino no meu curso Vídeos Sem Mistérios por exemplo).

2# Poder me concentrar no que eu sei e gosto de fazer: ensinar!

É claro que eu preciso trabalhar na divulgação dos meus cursos (até porque assim fico com 97% da renda, lembra?) mas não preciso me preocupar em enviar fatura, controlar pagamentos e essas coisas chatinhas. Isso a Udemy faz e todo início do mês eu reço um e-mail avisando que os rendimentos já estão na minha conta!

Como se tornar um instrutor Udemy?

A primeira coisa a fazer é visitar o blog direcionado a orientar os intrutores. Leia, informe-se, questione.

Depois, é importante que você conheça a plataforma a fundo! A partir do momento em que você se cadastra como instrutor (o que não gera vínculo nenhum entre você e a Udemy) você entrará muita informação sobre a plataforma, leia tudo! Inclusive o escrito em letras minúsculas!

Existem também vários cursos na plataforma ensinando a dar os primeiros passos dentro dela, a criar cursos online, com dicas de outros instrutores. Matricule-se em alguns desses cursos! Vai ser uma ótima oportunidade de conhecer a plataforma como aluno e também de entrar em contato direto com outros instrutores mais experientes.

Você pode começar por um curso gratuito como por exemplo:

Ou, partir diretamente para a ação e aprender a criar seus próprios cursos online de alta qualidade técnica e didática:

Quando você já estiver registrado na plataforma, entre para a comunidade de Instrutores Udemy, um grupo fechado e exclusivo para os instrutores que querem compartilhar suas experências, tiras dúvidas, melhorar suas técnicas de ensino e de vendas, claro!

Bom, é claro que não tudo tão simples assim e se você me permitir, vou deixar aqui alguns conselhos para quem quer entrar para esse time.

Conselhos para novos instrutores Udemy:

#Conheça a plataforma e o modelo de negócios oferecida por ela.

Faça alguns cursos, converse com outros insturores, não tenha medo de explorar todas a possibilidades. Neste vídeo eu mostro alguns motivos para você não publicar seus cursos na Udemy: 

#Aprenda a pensar como um empreendedor!

O mercado do ensino a distância não para de crescer por duas razões:

Na economia da era digital, a moeda é o conhecimento: quem sabe é quem tem poder e por isso, aprender sempre mais e ao longo da vida é uma necessidade. Com a evolução constante da tecnologia aprender tudo ou talvez de tudo um pouco é acessível a todos!

Em tempos de crise e recessão a necessidade de qualificação profissional é ainda maior: as pessoas querem garantir seus empregos e estar sempre atualizado é uma obrigação.

E por isso, empreender compartilhando seu conhecimento é um bom negócio! Contudo, não basta criar um curso perfeito (perfeito para quem? Para você?) é preciso saber conhecer o mercado, as oportunidades, é preciso saber fazer esse conhecimento a ser compartilhado se transformar em um negócio rentável!

Esse é todo o intuito do meu curso Empreendedorismo Digital para Professores, onde eu não somente falo das oportunidades mas também (e principalmente) ensino você a começar a empreender ensinando online. (Clique AQUI para saber mais sobre o curso e se você gostar do programa e da proposta, você poderá se inscrever pelo preço simbólico de 19,99 Reais)

#Comece com o que você tem!

Não espere ter as condições perfeitas para começar. Você tem um computador e um headset? Comece a gravar seus vídeos, faça testes publicando-os no youtube para ver a aceitação do público, por exemplo. Peça uma avaliação crítica dos seus colegas, dos seus familiares. É normal que nos sintamos inseguros no início mas somente a prática vai fazer com que você possa aperfeiçoar suas técnicas!

Quer saber o que eu uso para criar meus vídeos? Eu mostro nesse post/vídeo passeio pelo meu escritório: 

#Não tenha medo de aprender a usar as novas tecnologias para ensinar (e ganhar dinheiro com isso).

Encontre as ferramentas certas, as pessoas em quem confiar e aprenda com elas! A transição para o digital já é uma realidade e uma necessidade!

Comece a fazer sua entrada (triunfal, espero!) no mundo mágico do ensino a distância. Comece por um curso gratuito, como eu já tinha indicado para você e veja como e com quem você quer continuar aprendendo! 

Bom, acho que por hora consegui responder algumas perguntas importantes, não? Mas é claro, se a sua não foi abordada, basta deixá-la aqui nos comentários que eu responderei o mais rápido possível!

Lembre-se de pesquisar e de reunir todas as informações possíveis sobre a plataforma onde você vai publicar seus cursos.

A Udemy tem se mostrado ser a plataforma perfeita para mim e para o meu modelo de negócios mas isso não significa que ela vai se adequar ao seu modelo de negócios.

Estes posts, vídeos e infográficos podem ajudar você na sua procura:

E você? Já teve uma primeira experiência com a plataforma da Udemy? Como aluno ou como instrutor, não importa, deixe seu comentário para que nós possamos reunir mais informações e impressões sobre a plataforma.

Quer conversar diretamente comigo, tirar todas as suas dúvidas e planejar seu curso?

Então, agende uma aula particular! Será um prazer ajudar você nessa jornada!

Conhece mais alguém se perguntando se vale a pena publicar seus cursos na Udemy?

Então, Exerça sua generosidade e compartilhe!

Tem algo a dizer? Deixe seu comentário e participe da conversa!