Não existe marketing digital, apenas marketing

nao existe marketing digital apenas marketing

Não existe marketing digital, apenas marketing

Eu trago essa frase da Martha Gabriel como um mantra e tento sempre esclarecer meus alunos nesse sentido: tudo é marketing e o marketing está em tudo.

Para a autora do best-seller Marketing Na Era Digital – Conceitos, Plataformas E Estratégias marketing digital é antes de tudo marketing. Se é necessário conhecermos as ferramentas, é imprescindível conhecermos, antes de tudo, os conceitos, metodologias, técnicas e estratégias.

Logo no início do meu curso gratuito Empreendedorismo Digital sem Mistérios, eu já mostro a diferença entre Empreendedorismo Digital, Marketing Digital e Ensino a Distância.

Para quem está entrando (na maioria das vezes, caindo de paraquedas no digital) a diferença entre essas três áreas de conhecimento que se completam em um negócio online de sucesso não é clara. Justamente por isso, grande parte das pessoas não consegue avançar no desenvolvimento dos seus projetos digitais.

Se você está começando agora e ainda não encontrou um caminho, matricule-se no curso e desenvolva seu negócio passo a passo. Aqui, você vai aprender tudo do início, começando pela compreensão de como os negócios digitais funcionam:

Empreendedorismo Digital sem Mistérios: mais do que um curso, um guia para novos professores empreendedores.

Não é a ferramenta que faz o marketing, é você:

Na maioria das vezes, as pessoas querem aprender a usar ferramentas: de automação, de programação de posts, de criação de layouts e de preferência, querem modelos prontos para serem copiados e colados nas suas redes e nos seus diferentes canais de comunicação com o público.

Contudo, não é uma ferramenta de agendamento de posts, nem um app para criar stories engraçados, nem um eBook gratuito nem muito menos uma sequência pré-programada de e-mails que vai fazer você ter “sucesso no marketing digital”.

Todas essas ferramentas são úteis se você souber usá-las, se tiver algo a comunicar e uma oferta relevante para seu público.

Nada disso terá utilidade se você não tiver nada a dizer, nem a oferecer para seu público.

Dicas para quem está começando a mostrar seu trabalho online:

Se você está começando agora “no digital”, não conhece muitas ferramentas, tem medo de errar, vergonha de se expor e não tem o hábito de postar sobre o seu trabalho nas redes sociais, assista as aulas do 3° módulo do curso Empreendedorismo Digital sem Mistérios e:  

1- concentre-se primeiro no relacionamento com seu público nas redes sociais, conecte-se verdadeiramente com as pessoas, escute, observe, ajude sempre que possível e elogie sempre que gostar do que está vendo.

2 – escolha uma ou duas redes sociais, aprenda a usá-las corretamente e crie o hábito de postar 1X por dia, alguma coisa simples, mas real (bastidores, sobre você, sobre cliente/aluno, dica, tutorial e até algo interessante que você leu – mostrar suas fontes é uma excelente maneira de mostrar quem você é, sem medo da “autopromoção”).

3 – tire 1 hora do seu dia para estar nas redes e postar, comentar, compartilhar

4 – acompanhe, curta e comente somente o que você gosta e acha relevante. Evite discussões desnecessárias e desconecte-se de pessoas tóxicas.

E lembre-se: esse momento em que você estará nas redes deve ser um momento de prazer, de conversa, de troca.

Isso é marketing o suficiente para o início, acredite!

Depois, quando o hábito de postar e de mostrar o seu trabalho estiver estabelecido, você aprende/testa e analisa uma estratégia nova, mais uma, mais uma e assim por diante.

Aqui no blog eu tenho uma série de artigos sobre Marketing Digital que vão ajudar você com certeza:

Lembre-se também: se você não é social media e nem está procurando começar uma carreira de influenciador/a digital, você não precisa passar o dia inteiro nas redes sociais e nem estar presente em todas elas para não se sobrecarregar de trabalho e acabar desistindo antes mesmo de alcançar algum resultado.  

Falamos bastante sobre isso no minicurso gratuito:

Se você, assim como eu, não tem e nem pretende ter uma dessas profissões, as redes sociais são canais de comunicação e de relacionamento com nossos clientes e alunos, não o nosso negócio.

O meu negócio é ensinar a ensinar e a empreender online… e o seu?

Comente aqui, apresente seu trabalho aqui nos comentários e se esse post fez sentido para você, é bem provável que ele ajude outras pessoas ao seu redor também, não é mesmo?

Então, exerça sua generosidade e compartilhe com a sua rede:

Tem algo a dizer? Deixe seu comentário e participe da conversa!