As maiores dificuldades na criação de cursos online reunidas e respondidas!

As maiores dificuldades na criação de cursos online reunidas e respondidas

Quais são as suas maiores dificuldades na criação do seu curso online?

Essa foi uma das perguntas que eu fiz na pesquisa que me ajudou a definir o programa do meu novo curso “Udemy para Professores e Empreendedores“.

Ela também poderia ter sido assim:


O que impede você de começar agora mesmo a criar seus cursos?

Fique à vontade para responder nos comentários, ou escrever diretamente para mim, através do formulário de contato aqui do blog, ok?

O post é longo e o material intenso! Fique á vontade para salvar essa página no seu navegador e voltar sempre que possível pois voce não vai conseguir aprender tudo hoje!

Esse é o gráfico que mostra os resultados dessa pesquisa e que representa as maiores dificuldades dos entrevistados.

As maiores dificuldades na criação de cursos online

maiores dificuldades na criação do seu curso online

Você encontrou sua dificuldade aqui?

Pois saiba que você não é a única pessoa com essas mesmas dificuldade!
Algumas delas eu também tive no início, todos já tiveram e só vai superar quem quiser!
Sim, todas essas dificuldades são reais! Mas são habilidades que você pode adquirir!

No meu curso “Udemy para Professores e Empreendedores” eu vou ensinar você a superar cada uma dessas dificuldades da maneira mais simples possível!

Contudo, é verdade que eu tenho muito conteúdo criado e publicado sobre todos esses assuntos e se a sua dúvida é pontual, provavelmente esses conteúdos já vão ajudar você!

As maiores dificuldades na criação de cursos online reunidas e respondidas:

1 – Divulgar e vender o curso

Divulgar e vender o curso é a dificuldade apontada por 23,6% das pessoas que responderam a minha pesquisa e é uma dificuldade com a qual eu me deparo todos os dias.

Sim, eu também tenho dificuldades para divulgar e vender meus cursos, produtos e serviços online. Sabe por que? Porque divulgar e vender é um exercício diário de quem empreende!

E quando eu digo que é diário, é exatamente o que eu estou querendo dizer:

Divulgar e vender é TODO dia!

Existem muitas maneiras de divulgar e vender seus cursos, mas postar um link em um grupo no facebook ou no whatsapp não funciona tão bem quanto criar a sua própria comunidade, quanto se relacionar e se comunicar normalmente com as pessoas.

Você está falando sobre o seu trabalho nas redes sociais?

Está ajudando, está ensinando, está respondendo dúvidas, está se comunicando com as pessoas ao seu redor?

Ou está somente postando link com “desconto” por todos os lados?

Na minha experiência como empreendedora que precisa vender seus cursos online, professora que ensina a criar e vender cursos assim como minha experiência como mentora que orienta na criação e divulgação de cursos, eu noto dois grandes problemas entre as pessoas que não vendem:

  • Só falar do produto e do preço do produto
  • Não falar nada sobre o produto e nem dizer que ele está à venda

Eu abordei justamente esse tema na Live de Quarta no Instagram:

Mas como eu já falei, divulgar e vender é todo dia e você precisa aprender sobre marketing. Você precisa aprender sobre marketing e precisa colocar em prática o que está aprendendo!

Alguns dos meus artigos, vídeos e cursos sobre marketing digital, divulgação e vendas de cursos online que podem ajudar você:

Artigos com vídeos:

Cursos gratuitos:

Marketing Digital: 5 passos para vender nas redes sociais

Aulas e encontros ao vivo:

2 – Gravar e editar vídeos

Saber gravar e editar vídeos é uma necessidade para quem quer criar cursos online. Acho que eu nem preciso falar sobre isso, pois todos sabemos.

Aqui os bloqueios e dificuldades são muitos: desde encontrar o bom equipamento até o aparecer na câmera. Eu posso falar horas sobre isso pois foi exatamente o que aconteceu comigo!

Quando eu comecei (e durante 8 cursos!) eu tinha pavor de aparecer na câmera, usava somente softwares gratuitos e tinha como equipamento somente um headset e meu computador.

Como eu fiz para criar 8 cursos (alguns deles ainda hoje com a nova mais alta da categoria na Udemy) sem recursos e sem aparecer nas câmeras é o que eu ensino no curso:

Meus primeiros vídeos e cursos não têm a mesma qualidade de agora e isso é normal, pois a cada vídeo, a cada curso, a cada post publicado, nós nos tornamos melhores!

Contudo, para que você se torne melhor, você precisa começar!

Alguns dos meus artigos, vídeos e cursos sobre a gravação e edição de vídeos que podem ajudar você:

Artigos com vídeos:

Vídeos no Youtube:

3 – Estruturar o programa do curso

Eu gosto de comparar a estruturação de um curso com a construção de uma escadaria pois estruturar um curso é organizar um processo. O processo de ensino-aprendizagem é muito parecido com o de subir uma escadaria.

Eu mostro isso tudo em detalhes nos meus cursos:

E posso ajudar você na criação do seu programa e na estruturação do seu curso em uma aula particular mas essa é uma tarefa que você precisa aprender a desenvolver (e provavelmente não vai aprender lendo um post de blog e nem pescando por aí no mar da internet)

4 – Criar o roteiro para as aulas

Eu tenho um vídeo ensinando em detalhes como fazer e está lá no youtube para todos:

5 – Definir o tema para meu curso

Definir o tema do seu curso, assim como escolher um nicho de atuação, também são dúvidas recorrentes.

Para sanar essa dificuldade eu vejo dois pontos de partida:

  • Faça uma lista com suas habilidades (o que você sabe tão bem que pode ensinar?)
  • Entre os itens dessa lista: o que você realmente gosta de fazer?

É por aí que você deve começar!

Depois, esses vídeos vão ajudar você com certeza:

6 – Tempo para me dedicar ao meu projeto

Eu acredito que existem pessoas que realmente não têm tempo (porque já trabalham 40 horas por semana ou mais, cuidam da casa, dos filhos, fazem faculdade, tudo ao mesmo tempo) e as pessoas que não sabem priorizar tarefas.

As primeiras precisam diminuir a quantatidade de tarefas para conseguir tempo, as outras, precisam aprender a se organizar, não é mesmo?

Mas todos nós precisamos enteder que tempo é uma questão de prioridade e que está tudo bem a gente priorizar os estudos, a saúde, a família ou um outro projeto.

7 – Escolher uma plataforma para publicar meu curso

Eu tenho um bom guia para ajudar você a escolher a plataforma ideal para publicar seus cursos e em breve vou publicar aqui no blog, ok? Até lá, esse material já vai ajudar você com certeza:

8 – Criar materiais didáticos digitais: slides, materiais complementares

Observe a data desses vídeos e você entenderá bem a minha fala sobre “melhorar a cada vídeo” 😊

9 – Se desvencilhar da síndrome do impostor e botar a mão na massa.

Você também sobre com a síndrome do impostor? Entenda que: se você sabe do que está falando, você não precisa ter medo de falar. Críticas aparecerão e mais uma vez: se você sabe do que está falando, vai enteder e aprender com as críticas.

Em uma das respostas alguém apontou como dificuldade o seguinte:

Elaborar e organizar o curso como um todo

Se essa também é a sua dificuldade, não pense 2 vezes em se matricular em curso (online ou não, meu ou não) que ensine você o passo a passo para criar um curso.

Se você quiser aprender comigo, será ótimo!

Você escolher um dos meus cursos online, pode marcar uma aula particular comigo, pode participar do meu grupo de queridinhos da profe.

Você também pode escolher outro curso, outra mentora, outros guias. A escolha é sua! Simplesmente não tenha medo investir na sua formação e em aprender a criar e comercializar seus cursos!

Pense bem:

Se você que quer empreender ensinando e criando cursos online não quer investir nem na matrícula de um curso, por que alguém deveria pagar por um curso seu?

Pense nisso!

Conhece mais alguém com dificuldades na criação dos seus cursos online?

Então, exerça sua generosidade e compartilhe:

Tem algo a dizer? Deixe seu comentário e participe da conversa!