Como manter o foco para trabalhar e estudar em casa?

como manter o foco para trabalhar

Como manter o foco para trabalhar e estudar com tantas distrações? Tantos chamados, tantas tentações e possibilidades? É muito difícil, eu bem sei pois, eu empreendo e trabalho em casa desde 2016 e 100% online desde 2018.

A cafeteira, a geladeira, o telefone, a tv, o sofá, o jardim, o sol, os passarinhos cantando, a música do vizinho, TUDO parece estar nos chamando não é mesmo?

E daí, quando finalmente conseguimos sentar na frente do computador para estudar e trabalhar, encontramos a nossa caixa de e-mails explodindo, milhões de novas dicas de ferramentas, estratégias, vídeos, cursos, leituras nas diferentes redes sociais… e nós, como pessoas curiosas, engajadas e preocupadas em aprender sempre que somos, queremos justamente, conhecer e aprender tudo!

Se é verdade que nós precisamos aprender, evoluir e fazer sempre, mais e melhor, também é preciso encontrarmos equilíbrio, impor limites e fazer escolhas para que possamos realmente aprender e produzir ao invés de paralisar (e surtar).

Cada um de nós precisa encontrar o seu próprio equilíbrio e seu ritmo de trabalho, contudo, algumas regras são necessárias para que consigamos manter o foco para empreender, trabalhar e estudar em casa.

Comecemos com a pergunta:

O que é foco?

Segundo o Dicionário Online de Português, foco é o “ponto mais importante”, o centro, o alvo. Sendo assim, ter foco é ter um alvo, uma prioridade.

Fonte: https://www.dicio.com.br/foco/

Nós podemos ter muitos projetos e muitas prioridades na nossa vida e no nosso dia a dia, mas só podemos focar em um alvo de cada vez.

Por isso, o único jeito de manter o foco é estabelecer prioridades e ter consciência da importância de cada uma delas.

Eu sempre brinco dizendo que é como um casamento: a gente escolhe 1 pessoa para compartilhar com ela a nossa vida e dispensamos as milhares de outras pessoas que poderiam estar no lugar dela.

É uma escolha. Assim são as escolhas das nossas prioridades no trabalho e nos estudos também.

Nós podemos mudar de foco e rever as nossas prioridades (como o casamento pode acabar e podemos nos casar novamente), mas ainda teremos prioridades.

Sendo assim, a melhor receita para trabalhar e estudar em casa com sucesso, seja a mesma para um bom casamento: não olhar para os lados!

Ter foco é não olhar para os lados, simples assim.

Agora vejamos algumas regras básicas para conseguirmos manter o foco:

4 regras básicas para manter o foco para trabalhar e estudar em casa

1 – Estabeleça prioridades

Ter clareza do que queremos e precisamos fazer é a essência do foco.

  • O que você REALMENTE precisa fazer?

É por aí que você vai começar!

Eu, por exemplo, começo todos os meus dias, respondendo às perguntas dos meus alunos na Udemy, no Digital sem Mistérios, por e-mail, no meu grupo de alunos e nas redes sociais.

No meu trabalho essa é a minha maior prioridade: a aprendizagem dos meus alunos. A partir daí (das necessidades e das perguntas deles) eu crio novos conteúdos, cursos e projetos (esse post é um exemplo disso).

Você pode ter um objetivo maior, nobre, e pensar no resultado final do trabalho, dos estudos, de um projeto. Isso ajuda a não perder a motivação para continuar o trabalho.

Mas para conseguir manter o foco, você precisa de pequenos objetivos facilmente realizáveis, o que chamamos de tarefas.

2 – Crie uma lista de tarefas diárias e trabalhe cada ponto dessa lista concentradamente.

Começar e terminar tarefas é um hábito que precisamos desenvolver se quisermos nos tornar pessoas independentes e responsáveis pelo nosso próprio desenvolvimento.

Por isso, ao começar uma tarefa, termine-a sem se importar com a última besteira compartilhada no WhatsApp, meme nas redes, o e-mail que chegou com a oferta que você não pode (??) perder, o vídeo no youtube com a dica matadora e mais uma possibilidade de fazer o que você já sabe fazer (ou nem precisa aprender!).

Minha tática é a seguinte:

responder perguntas dos meus alunos e e-mails: todos os dias pela manhã. Como eu falei no início, acima, meu trabalho é ensinar e as minhas duas maiores tarefas são: responder perguntas e criar novos conteúdos. Por isso, tendo tudo respondido, eu tenho a sensação de ter “ganhado o dia”.

Importante: eu não tenho sempre todos as respostas prontas, mas eu respondo nem que seja para dizer que eu não tenho a resposta. Se eu puder, eu vou preparar um material para ajudar a pessoa. Se não, vou indicar alguém que eu conheça ou simplesmente me desculpar e deixar claro que eu não posso ajudar.

Todos os temas suscetíveis de serem trabalhados por mim, entram em uma lista de espera e serão abordados assim que possível.

escolher 1 tema para ser trabalho, pesquisado, discutido e compartilhado nas redes sociais. Esse post é, mais uma vez, um exemplo disso. Meu tema de hoje é o foco e esse artigo é a resposta do dia.

focar em 1 tarefa de cada vez: esqueça essa de ser multitarefas. Faça uma coisa de cada vez, comece e termine suas tarefas, uma a uma.

3 – Estabeleça uma rotina de trabalho e de estudo

Não se perca na ilusão da liberdade de trabalhar e estudar quando e como quiser. Crie sua própria rotina de trabalho e estudo. Quando a gente trabalha e estuda em casa, a gente escolhe os horários e as tarefas, é claro. Contudo, a liberdade é só essa: escolher o melhor horário.

As tarefas não vão se auto executar e os problemas não vão se resolver sozinhos. Se você trabalha melhor pela manhã, concentre suas prioridades nesse período e assim por diante.

4 – Crie processos

Isso mesmo, processos! Passo a passo, sabe?

O que você precisa fazer para que uma tarefa seja executada do início ao fim? Conheça os processos, adapte-os as suas necessidades e (re)avalie sempre que possível:

  • Existe uma maneira de melhorar esse processo e facilitar a execução dessa tarefa?

Se você acha que tem, faça o teste!

Bom, muitas outras dicas para aumentar a produtividade trabalhando em casa, você encontra no post com vídeo e muito mais:

Mas antes de você continuar sua procura pelo foco, eu preciso lhe dizer uma coisa muito mais importante do que todas essas dicas e regras:

Você não precisa saber nem fazer tudo o tempo todo!

Tudo na internet (inclusive esse blog) é pensado para que você caia e se perca na rede. Quantas vezes você entrou em um site ou uma rede para ver ou ler alguma coisa e quando se tocou, já tinha passado horas navegando e clicando em tudo o que encontrou?

Quantas vezes, quando você acordou, nem se lembrava mais do que estava procurando?

Quantas vezes, encontrou tantas possibilidades, tantas opções de ferramentas, métodos e plataformas que se perdeu e não conseguir escolher nenhuma?

Esse é o lado negativo da era da informação: a overdose de informação.

Conseguir manter o foco e fazer o que precisa ser feito, é uma das habilidades essenciais no século XXI e ela pode ser treinada!

Experimente adotar as 2 primeiras regras dessa lista:

– estabeleça prioridades

– crie listas

Comece seu dia priorizando o que é essencial para você, seu negócio, seus estudos. Com esse sentimento de “dever cumprido” nós nos sentimos hábeis para fazer mais e melhor.

Concentre-se em cada tarefa da sua lista separadamente e no prazer de riscar cada uma delas! A cada tarefa “riscada” faca uma pequena pausa, come um café, dê uma passada pelas redes, converse com alguém, “deligue” por alguns minutos.

Depois volte e comece a próxima tarefa.

É bem possível que você não consiga riscar todos os itens da sua lista todos os dias e está tudo bem! No dia seguinte você continua!

Trabalhar concentradamente para poder desligar completamente é o meu método… e o seu?

Deixe seu comentário e participe da conversa!

Conhece mais alguém que pode se beneficiar desse conteúdo?

Exerça sua generosidade e compartilhe:

Tem algo a dizer? Deixe seu comentário e participe da conversa!